5 de agosto de 1895 – Perdemos Friedrich Engels

A foto mostra Engels jovem, em trajes clássicos, barba curta e lenço no pescoço

Por Gustavo Seferian

Há exatos 125, perdíamos Friedrich Engels.

Intelectual brilhante e autêntico – trouxe diversas contribuições originais ao campo teórico, isso para além de ser parceiro da mais quente hora e legatário de Marx –, militante comprometido – militando desde o fim da primeira metade do século XIX, sendo depois um dos principais articuladores da II Internacional – e arguto intérprete de nosso mundo – contribuindo com olhares originais e obras de caráter vanguardista inescapáveis, como a Situação da classe trabalhadora na Inglaterra e a Origem da família, da propriedade privada e do Estado -, Engels reclama ser retirado da sombra da colossal figura de Marx para que possa, em suas particulares contribuições e tropeços, ser entendido enquanto sujeito autônomo.

Afinal, resgatando Maiakovsky desde Caetano e Campos, gente é pra brilhar. E poder reconhecer cada um de nossos brilhos – já que mais brilho é MAIS BRILHO! – faz-se sempre necessário!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: