2 de agosto de 1953 – No marco da Revolução Boliviana, tem início a reforma agrária e institui-se o Dia do Índio

A imagem mostra trabalhadores rurais bolivianos com enxadas erguidas ao alto

Por Gustavo Seferian

Complexo, duradouro e tristemente interditado, o processo revolucionário boliviano encadeou conquistas políticas e sobressaltos. No dia 2 de agosto de 1953, dois importantes marcos foram alcançados: o início da reforma agrária, medida indispensável para ceifar as desigualdades históricas postas no país pelos processos de despossessão dos povos originários em suas formas de reproduzir a vida, e o reconhecimento do Dia do Índio, que remete às bases constitutivas da massa da população oprimida da Bolívia, que, explorada historicamente, dá a sustentação à riqueza concentrada de uma meia dúzia de agentes estrangeiros do capital.

Ainda hoje…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: